Por Alexander Messias*

Em uma equipe de gerenciamento de projetos, a existência de métodos ágeis é essencial para garantir a fluidez nos processos, ainda mais no contexto das agências digitais e de performance, como é o caso da iD\TBWA. Nosso dia a dia demanda cada vez mais agilidade para atender nossos clientes e, para isso, contar com técnicas que permitam o acompanhamento das ações de forma muito mais clara e prática torna-se ainda mais importante. Além de otimizar esforços e direcionar os trabalhos ao que realmente trará valor e resultados na execução dos projetos, a metodologia adequada permite que os trabalhos sejam avaliados a cada etapa, fornecendo, assim, maior controle e proximidade na execução, e maior aprendizado para os projetos futuros.

Para nós não existe uma “receita de bolo”, um método de gestão engessado que pode ser aplicado a todos os projetos que realizamos na agência. Com alguns anos de experiência, entendi que a melhor técnica deve ser determinada de acordo com cada cliente, tipo e complexidade do projeto, e também (por que não?) considerando as pessoas e disciplinas envolvidas no processo.

Recentemente, por exemplo, usamos o método Kanban para deixar bem mais claro e visual o andamento de um War Room em uma ação que realizamos com a Claro, nosso cliente. A técnica nos proporcionou ótimos resultados e passou a ser explorada em outros projetos desse tipo, seja na parte visual das tarefas como um todo, como também na participação das decisões e mudanças com o dinamismo necessário em todas as etapas da ação.

Já em projetos de concorrência, o Canvas se mostrou um método bem mais eficaz, pois exercita e traz, claramente, as respostas para “Por quê?”, “O quê?”, “Quem?”, “Como?”, “Quando?” e “Quanto?”. E, de forma prática, entendemos que é tudo o que precisamos ter para as tomadas de decisões e ações num processo de concorrência. Para definição de horas para orçamentos e cronogramas, já consideramos em alguns projetos o Planning Poker também, e por aí vai.

Em uma iniciativa recente, trouxemos ao nosso time rodadas de workshops e oportunidades para especialização em cursos de imersão em SCRUM, com o objetivo de expandir ainda mais o conhecimento sobre as técnicas e melhores práticas proporcionadas por esta metodologia voltada para agências, e identificamos, inclusive, a possibilidade de trabalharmos essa metodologia também com o time de Mídia da agência, nas mesas de performance que temos para nossos clientes em São Paulo e Brasília.

Enfim, todos os métodos são analisados e ajustados de acordo com as respostas que buscamos. O time também está sempre aberto às novas possibilidades e técnicas que surgem e nas quais enxergarmos valor para o trabalho de gestão. O importante é que a técnica utilizada dê visibilidade a todas as atividades em andamento, ou que já foram mapeadas, e contribua para estimular o engajamento de todos os envolvidos, não só dos gerentes de projetos.

É essencial, também, que permita ao cliente um acompanhamento mais de perto, considerando todos os processos e necessidades, trazendo um melhor entendimento sobre como funciona toda a operação da agência para o projeto em questão. Dessa forma, garantimos a agilidade e qualidade que o modelo de negócio exige, e que todos esperam.

*Gerente Operações da agência iD\TBWA

Você também pode curtir

Deixe um comentário