Escolher uma metodologia de trabalho e depois conseguir colocá-la em prática, não é uma tarefa fácil. Por isso, a ‘escolha’ acaba sendo determinante, porque há profissionais que preferem as metodologias tradicionais e, outros, as metodologias ágeis.

Tipos de Metodologias

As metodologias se dividem em dois grupos, metodologias tradicionais e metodologias ágeis. Os frameworks Project Management Body of Knowledge (PMBOK)  e Projects In Controlled Environments (PRINCE2®) são os exemplos das abordagens tradicionais. Nas metodologias ágeis, os destaques são: SCRUM, Lean, Kanban, entre outras.

Com o avanço da tecnologia, as exigências dos clientes para que os projetos estejam cada vez mais dinâmicos e flexíveis e, a diversidade dos profissionais envolvidos nos projetos, é importante ter inserido nesse cenário um mínimo de processo possível para evitar gargalos e fracassos no futuro.

Certo dessa importância, queremos trazer um único item, mas de muito valor, para tornar a gestão ágil com mudanças simples no dia a dia.

1- Siga como base o Manifesto Ágil

No Manifesto Ágil estão relacionadas as crenças e valores, deixando claro o que é ágil, ou não. Aqui, queremos destacar os quatro valores:

1- Indivíduos e interação entre eles mais que processos e ferramentas;

2- Software em funcionamento mais que documentação abrangente;

3- Colaboração com o cliente mais que negociação de contratos;

4- Responder a mudanças mais que seguir um plano.

Ou seja, mesmo que tenha importância os itens acima que estão sublinhados, na gestão ágil é necessário mesclar esses valores:

  • Priorizando a satisfação do cliente com entrega contínua;
  • Com uma equipe aberta a mudanças constantes, porque o mercado está cada vez mais competitivo, e isso gera vantagem para o cliente;
  • Trabalho em conjunto entre profissionais de projetos e negócios;
  • Construção de um ambiente motivador, para ter pessoas motivadas com todo o suporte necessário;
  • Comunicação: a face a face é a mais indicada;
  • Desenvolvimento de design com excelência técnica;

“No mercado publicitário entendemos que cada agência tem sua cultura, seus valores, seu modo de agir e operar, por isso o mais importante é ter a mudança de mindset e incorporar o pensamento projetizado no dia a dia. A partir deste passo escolher uma metodologia será muito mais simples, menos doloroso e com objetivos claros para essa adoção, porém, pelo dinamismo da nossa indústria o pensamento e modelo ágil gestão se destaca”  – Ramon Oliveira – Fundador do Instituto Mestre GP

Cada método ágil existente atualmente carrega os valores e princípios enraizados no manifesto ágil.  Mas lembre-se, agile é uma maneira de pensar. Antes do método, é necessário estimular a mudança cultural para obter melhores resultados.

Sobre o Autor

Jornalista do Instituto Mestre GP, formada pela Universidade São Judas Tadeu. Trabalha com comunicação há nove anos e atua com marketing digital e marketing de conteúdo.

Você também pode curtir

Deixe um comentário